página principal

Canal do Filiado

Prevenção

17 anos de campanha

A Campanha de Prevenção de Acidentes do Trabalho na Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco, criada pelo Sinduscon-PE e desenvolvida com o patrocínio do Sebrae-PE, completará em agosto de 2014 nada menos que 17 anos de atuação. A ação surgiu da necessidade de construir junto ao empresário da construção e ao trabalhador dos canteiros de obras uma consciência prevencionista crescente e focada na redução dos acidentes do trabalho.

Passados mais de 16 anos, pode-se afirmar que a adoção de práticas de segurança e respeito às normas regulamentadoras, notadamente a NR18, já está inteiramente integrada às rotinas da maioria das empresas da construção civil, com destaque para as associadas à entidade representativa do setor, o Sinduscon-PE.

Projetos em destaque - Com funcionamento ininterrupto, a equipe da campanha é coordenada pelo engenheiro Beda Barkokébas e conta com engenheiros e técnicos de segurança, além dos estagiários, todos subordinados à diretoria de Saúde e Segurança do Trabalho do Sinduscon-PE. Dos cinco projetos que a compõe, três ganharam maior repercussão no dia a dia do seu público alvo: 1- Pesquisa das Condições Inseguras em Obras de Construção Civil em Pernambuco, 2 - Treinamento do Trabalhador em Práticas de Prevenção de Acidentes na Construção Civil e 3- Perfil Sócio Educacional do Trabalhador da Construção Civil no estado de Pernambuco.

Técnicos nas obras - O primeiro projeto em questão prevê a visitação dos canteiros de obras por integrantes da campanha com o objetivo de aplicar um check-list identificando a obediência às regras de segurança, além de potenciais situações de risco. Nesses casos, a equipe orienta a solução adequada à cada situação encontrada. Após as visitas, são emitidos relatórios para o engenheiro responsável pela obra e para a construtora. Cerca de um mês depois, a equipe de segurança do Sinduscon-PE retorna aos canteiros visitados a fim de checar se as orientações foram seguidas. A visitação não tem caráter punitivo, e sim orientativo e preventivo. Atualmente, além de canteiros localizados na Região Metropolitana do Recife, a campanha abrange edificações também em cidades do interior como, Petrolina, Garanhuns e em uma ação maior, em Caruaru, onde o mercado imobiliário vem apresentando um desenvolvimento bastante avançado.

Para montar o roteiro das visitas, é feito um mapeamento de obras pelos estagiários da campanha. No entanto, as empresas associadas ao Sinduscon-PE, cientes da campanha, também entram em contato com a coordenação a fim de agendar suas obras.

Em 2013 - de janeiro à dezembro - foram visitados 341 canteiros de obras, numa média de duas à três visitas por dia útil do ano.

Capacitação - Uma vez que conscientiza o trabalhador da construção da importância do uso dos Equipamentos de Proteção Individual - EPIs e Equipamentos de Proteção Coletivas - EPCs não só para a manutenção de sua integridade física, como também dos demais operários em seu entorno, sem falar nas famílias que dependem desses funcionários, o Treinamento em Práticas de Prevenção de Acidentes se configura como uma das ações mais importantes da campanha. Atualmente o treinamento é dividido em dois módulos: Treinamento em Saúde e Treinamento em Segurança, ambos ministrados dentro dos canteiros de obras.

No Treinamento em Saúde são abordados desde Doenças Sexualmente Transmissíveis - DST, alcoolismo e trabagismo, até noções de primeiros socorros. Já no Treinamento em Segurança, o conteúdo programático envolve itens como a NR 06 (Equipamentos de Segurança Individual), NR18 ( Segurança na Indústria da Contrução Civil), a NR35 ( Trabalho em altura), combate à principio de incêndios, instalações elétricas, medidas de proteção contra quedas, organização dos canteiros e até gerenciamento dos resíduos produzidos nos canteiros. Em 2013, foram treinados nada menos que 5.650 trabalhadores da construção, com uma média de 42 participantes por treinamento.

Um fator facilitador dos resultados obtidos com o treinamento foi a quase erradicação do analfabetismo entre os trabalhadores dos setor, meta conquistada através do programa "Afabetizar é Construir", desenvolvido em parceria com o Sesi-PE.

Perfil - Também em 2013, a Campanha de Prevenção de Acidentes promoveu a entrevista de 733 profissionais da construção civil atuantes nos canteiros de obras, sendo 562 operários, 18 engenheiros civis, 136 técnicos em segurança e 17 mestres de obras. O objetivo das entrevistas foi o de colher informações para compor o perfil sócio-educacional desse contingente. De posse desses dados, não só a diretoria de Saúde e Segurança do Trabalho do Sinduscon-PE, como também outras diretorias da entidade, á exemplo da Ação Social e Cidadania e de Ciência e Tecnologia estão aptas a desenvolverem projetos que vão ao encontro dos anseios desses públicos.

Todos os projetos desenvolvidos pela campanha são gratuitos e atingem tanto construtoras associadas quanto não associadas. De acordo com os dados do Ministério do Trabalho, após a implantação da campanha o número de acidentes de trabalho no setor da construção reduziu drasticamente, inclusive os fatais. Já em 2008, o setor da construção civil em Pernambuco registrou a passagem da 3º posição no ranking de acidentes do Ministério do Trabalho dos setores produtivos para a 7ª posição, desmistificando ainda o comentário enganoso de que a construção é o setor econômico que contabiliza mais acidentes de trabalho no país e no estado.

Cabe ainda destacar que com a consolidação das certificações de qualidade à exemplo da ISSO e da adoção do Plano Nacional de Resíduos Sólidos o controle dos procedimentos dentro dos canteiros foi ainda mais intensificado, fato que repercutiu positivamente também na segurança do trabalhador.

Campanha de Prevenção de Acidentes prepara visita aos canteiros de obras em Caruaru

A coordenação da Campanha de Prevenção de Acidentes na Indústria da Construção no Estado de Pernambuco, criada e desenvolvida pelo Sinduscon-PE com a parceria do Sebrae-PE, já está organizando sua próxima visita à Caruaru.

Os construtores atuantes na “Capital do Forró” interessados em treinar seus funcionários em Práticas de Prevenção de Acidentes e receber a orientação dos técnicos de segurança quanto a eliminação de situações de risco nos canteiros devem entrar em contato com o Sinduscon-PE. De janeiro até 20 de outubro deste ano, a Campanha promoveu a visita de 286 canteiros de obras onde foram feitas vistorias preventivas e orientação quanto ao cumprimento das normas regulamentadoras. Também foram treinados nos cursos de segurança e de saúde 4.488 trabalhadores.

Resultados (janeiro a maio 2014)

Número de trabalhadores treinados em Práticas de Prevenção de Acidentes - 2.303

Número de canteiros de obras visitados para observação e orientação para ajuste de condições inseguras - 93

Número de entrevistas realizadas para composição do perfil sócio-educacional do trabalhador da construção - 182