página principal

Comunicação

O Construtor

Revista o Construtor | Ed. Nº 04 - 2016

Movimento Vida Sustentável completa ciclo de palestras do ano de 2016 disseminando conhecimentos sobre sustentabilidade

Movimento Vida Sustentável completa ciclo de palestras do ano de 2016 disseminando conhecimentos sobre sustentabilidade

2016 foi um ano de desafios para o setor da construção civil. O cenário de contingenciamento econômico, no entanto, lançou mais luz nas questões sustentáveis, que passaram a ser vistas de forma mais concreta como um caminho eficiente para a racionalização dos processos e consequente economia de recursos. Ou seja, um novo jeito de engenhar mais compatível com a realidade global econômica e social.

Em Pernambuco, o fio condutor para esse caminho foi implantado pelo Movimento Vida Sustentável, desenvolvido pelo Sinduscon-PE, através do qual são promovidas reuniões mensais para apresentar e discutir soluções e cases sustentáveis. Em 2016 foram promovidos nove encontros, sempre na primeira quarta-feira do mês.

Os eventos, que reúnem desde engenheiros e arquitetos até estudantes e professores de nível técnico e universitário durante toda a manhã, iniciaram em março e seguiram até dezembro, apenas com uma pausa em setembro, mês em que foi realizado o VIII Seminário Pernambucano de Construção Sustentável.

Confira a seguir um resumo dos temas sustentáveis tratados pelo Sinduscon-PE ao longo do ano.

02.03 - O Cenário Econômico Nacional e a Sustentabilidade

O primeiro encontro do ano teve como tema "O Cenário Econômico Nacional e a Sustentabilidade". O Ministro da Fazenda do Governo Itamar Franco e Ministro do Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Amazônia Legal do Governo Fernando Henrique Cardoso, Gustavo Krause, ex-governador de Pernambuco, abriu o evento com a palestra "Por um novo conceito de progresso". Krause falou sobre como a humanidade está diante de uma encruzilhada histórica: ou muda o rumo dos padrões de produção e consumo ou caminha em direção a choque mortal com os recursos naturais do planeta, comprometendo, irremediavelmente, a sobrevivência da espécie humana.

Em seguida, foi a vez do diretor executivo do Green Building Council Brasil, Felipe Faria, apresentar os dados da última pesquisa do World Green Building Council realizada sobre as tendências do movimento de "green building", que contou com a participação de empresas em 60 diferentes países. Destacou ainda tendências e importância das edificações verdes diante dos desafios das mudanças climáticas e a nova conjuntura econômica que insurge.

Na ocasião, foram debatedores convidados a diretora-presidente da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), Simone Souza, e o ex-diretor de Meio Ambiente da Prefeitura do Recife e Diretor e Responsável Técnico na Master Planejamento e Gestão, Mauro Buarque.


06.04 - Certificação de Construções

No segundo encontro do MVS o tema central foi "Certificação de Construções". "LEED V4 - Novos desafios em prol de construções mais sustentáveis" foi a primeira palestra. Nela, foram abordadas pela arquiteta e urbanista Bruna Canela as principais inovações da certificação LEED - versão 4, destacando os benefícios que a nova edição trará para a sustentabilidade dos edifícios. Ela é especialista em Conforto Ambiental e Conservação de Energia pela USP-FUPAM; LEED AP pelo United States Green Building Council; formada em Gestão de Projetos pela Fundação Instituto de Administração de São Paulo; Auditora Interna ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001 e Mestre em Tecnologia da Arquitetura pela FAU-USP.
Em seguida, foi apresentado pelo LEED AP BD+C. Graduado em Engenharia Ambiental pela UFV, Vitor Tosetto, o estudo de caso do projeto Espaço LarVerdeLar, o primeiro edifício em busca do LEED v4, com apresentação das estratégias de sustentabilidade adotadas que alcançaram números como: 82% de redução de energia e 73% de economia de água.

A terceira palestra do encontro, ministrada por Leone Gomes, representante exclusivo da SPI-Concrete Canvas no Brasil, abordou novas soluções para gerenciamento de distribuição de água, canalização e contenção - Benefícios ambientais com ganhos de produção em escala, redução de 95% da emissão de carbono com aumento em dez vezes na produtividade.

04.05 - Desempenho Acústico do Sistema de Vedação: Esquadrias na NBR 15.575/2013

Em maio, o tema central foi "Desempenho Acústico do Sistema de Vedação: Esquadrias na NBR 15.575/2013". A palestra de abertura ficou à cargo do arquiteto e urbanista Francisco Buarque, que falou sobre "Desempenho acústico das esquadrias nos sistemas de vedações verticais internas e externas de acordo com a NBR 15.575".

Em seguida, a engenheira Ana Paula Pereira Elias, com experiência profissional em Estruturas Metálicas Pórticos e Sinalização Vertical, Projetos e modelagem gráfica de projetos mecânicos para indústria automobilística, falou sobre "Esquadrias de PVC em atendimento à Norma de Desempenho".

A terceira palestra do dia foi proferida pelo engenheiro civil e mestre em Engenharia Civil pela Unicap, Frederico Brennand, sobre "Orientações para escolha das esquadrias de acordo com a Norma de Desempenho e Programa Setorial da Qualidade - PSQ".

A última palestra, por sua vez, foi ministrada por Gustavo jardim, formado em Marketing e formando em MBA do curso Gestão Empresarial. Jardim é sócio-diretor da Pórtico e tratou do tema "Como o fabricante está se adequando ao desempenho pretendido pela norma".


01.06 - Desempenho dos Sistemas de Vedação Vertical - Drywall e Blocos de Gesso

No último encontro do semestre o assunto escolhido foi "Desempenho dos Sistemas de Vedação Vertical - Drywall e Blocos de Gesso". O arquiteto e urbanista Wenderson Fontenelle Lobo abordou a "Performance do Drywall dentro da Norma de Desempenho NBR 15575". Fontenelle é Integrante do comitê técnico da Associação Brasileira de Fabricantes de drywall, que entre outras atribuições, revisa a norma NBR 15758.
A engenheira civil Ana Maria Gomes da Costa, especialista em processos construtivos de gesso, instalações prediais, revestimentos internos e externos; impermeabilização de pisos e tetos, e recuperação de estruturas, por sua vez, palestrou sobre "Desempenho do Sistema de Vedação Vertical- Bloco de Gesso".

Por final, foi realizada a palestra "Procedimentos para o Desempenho de Vedações Verticais em Gesso", pelo engenheiro civil Pedro de Freitas Gois, daTecomat.
06.07 - Gestão de Resíduos

Em julho, os encontros de sustentabilidade abriram com o tema "Gestão de Resíduos", tendo como principal pauta a discussão do Projeto de Lei 10/2016 - Disposições Aplicáveis ao Gerenciamento dos Resíduos da Construção Civil, com apresentação da diretora executiva de Planejamento e Limpeza Urbana da EMLURB, Elisabete Jucá.

Neste dia, foram apresentadas a Usina de Reciclagem "AGR Ambiental", Usina de Reciclagem "Ciclo Ambiental", e Usina de Reciclagem "RESITECH".


03.08 - Boas práticas para entrega do empreendimento desde a sua concepção

Retrofit foi o assunto central de agosto. A palestra de abertura, "Boas práticas para entrega do empreendimento desde a sua concepção", foi ministrada pela Engenheira Civil pela Escola de Engenharia Mauá, Administradora de Empresas pelo Instituto Mackenzie, Mestre em gestão integrada de meio ambiente e segurança e saúde pelo SENAC - SP, Lilian Sarrouf. A engenheira também é consultora técnica do Programa Construção Sustentável CBIC - Câmara Brasileira da Indústria da Construção, da CMA CBIC Comissão de Meio Ambiente e COMAT CBIC Comissão de Materiais.

A segunda palestra "RESIDÊNCIA SUSTENTÁVEL: Desafios de uma Reforma", ficou sob responsabilidade da geógrafa Paola Peterle Rosa do Amaral Figueiredo, especializada em Arquitetura Bioclimática e vice-presidente executiva do Grupo SustentaX que desenvolve, de forma integrada, o conceito de sustentabilidade ajudando as corporações a terem seus negócios mais competitivos e sustentáveis, identificando para os consumidores produtos e serviços sustentáveis e esenvolvendo projetos de sustentabilidade para empreendimentos.

Da UNISINOS - Universidade do Vale do Sinos - veio Rosy Anddrade Motta, para falar sobre "SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS NA INCORPORAÇÃO IMOBILIÁRIA". A executiva comercial com larga experiência em marketing e vendas e foco em inovação, é responsável pelo desenvolvimento e lançamento do primeiro revestimento sustentável fabricado no Brasil.

A quarta palestra da rodada mensal foi "MITOS E VERDADES SOBRE RETROFIT COM TECNOLOGIA LED", ministrada por Renato Pessoa de Melo, engenheiro civil e Consultor de Engenharia Moderna e Sustentável, Coach Professional, especialista em Gestão de Operações de Franquias Nacionais e Internacionais.


05.10 - Tecnologia BIM em Projetos de Sistemas Prediais


Outubro foi mês de discutir a Construção Industrializada na reunião do Movimento Vida Sustentável. "Tecnologia BIM em Projetos de Sistemas Prediais" foi a palestra proferida pelo engenheiro civil José Alberto Lopes de Souza, gerente de Projetos e Sócio da Techna Engenharia.
A segunda palestra da manhã foi "Quebre os Paradigmas, não as Paredes", ministrada por Antônio Cimadon, Gerente Técnico da PARCUS, com 29 anos de experiência no desenvolvimento de soluções e produtos para área de infra estrutura de cabeamento (dados, voz, energia e outros), graduado em Design de Produtos pela Faculdade Belas Artes de São Paulo e pós graduado em Lighting Design pela mesma faculdade.


09.11 - O futuro da minha cidade

Apresentação do manual cbic "o futuro da minha cidade" foi pauta da penúltima reunião do ano. O documento foi apresentado pelo especialista em Engenharia Sanitária e Ambiental, Silvio Magalhães Barros II .

Magalhães começou suas atividades profissionais no Amazonas, como chefe do Núcleo de Proteção ao Meio Ambiente, promovendo o ecoturismo na região amazônica. Criou e presidiu a Fundação Vitória Amazônica. Foi membro do conselho da Sociedade Mundial de Ecoturismo. Assumiu a Secretaria de Estado de Turismo do Amazonas e, posteriormente, no Paraná e no Governo Federal, em Brasília. Foi Prefeito de Maringá por duas gestões,2004 e 2008.

Já a segunda palestra "A REDEPROCIDADE e o FUTURO", foi ministrada pelo diretor da Multiconsultoria, o arquiteto Paulo Roberto Barros e Silva, que foi secretário de Planejamento e Urbanismo da PCR, cumulativamente com a Presidência da URB RECIFE de 1980/1983, Superintendente da FIDEM de 1983/1985 e secretário de Planejamento do Governo do Estado de Pernambuco - 1985/1987.


05.12 - Desempenho dos Sistemas de Vedação Vertical: Bloco de Concreto e Bloco Cerâmico


"Desempenho dos Sistemas de Vedação Vertical: Bloco de Concreto e Bloco Cerâmico" foi o tema de encerramento do calendário anual do Movimento Vida Sustentável. Foram realizadas duas palestras: "Desempenho do Sistema de Vedação Vertical em Bloco Cerâmico", ministrada por Rodolpho Cunha Neto, presidente do Sindicer-PE, e "Desempenho do Sistema de Vedação Vertical em Bloco de Concreto", proferida por Rinaldo Rocha, vice-presidente do Simprocim-PE e um disseminadores do Piso intertravado no Estado de Pernambuco.

Diversas apresentações estão disponíveis para download no site www.movimentovidasustentavel. As notícias sobre sustentabilidade também podem ser acompanhadas através da fanpage do MVS no Facebook.