página principal

Comunicação

O Construtor

Revista o Construtor | Ed. Nº 04 - 2016

Mais de dez mil trabalhadores atendidos entre janeiro e novembro

Mais de dez mil trabalhadores atendidos entre janeiro e novembro

De acordo com relatório da Diretoria de Saúde e Segurança do Trabalho do Sinduscon-PE, de janeiro à novembro de 2017, foram beneficiados pela Campanha de Prevenção de Acidentes do Trabalho na Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco nada menos que 10.250 operários da construção.

A Campanha foi criada pelo Sinduscon-PE e é atualmente desenvolvida em parceria com o Sesi-PE e o Sebrae-PE. Com quase duas décadas de atuação, a iniciativa é uma das grandes responsável pela redução do número de acidentes do setor, que já não é mais apontado como o que mais registra acidentes ou mortes no ambiente de trabalho.

São seis os projetos que compõem a Campanha: Projeto 1 - Mobilização Social pela Segurança e Saúde do Trabalhador; Projeto 2 - Pesquisa das Condições Inseguras em Obras de Construção Civil em Pernambuco; Projeto 3 - Pesquisa dos Fatores Potenciais de Risco por Função e/ou Tarefa/Atividade; Projeto 4 - Estatística de Acidentes na Construção Civil em Pernambuco Através das CAT; Projeto 5 - Perfil Sócio-Educacional do Trabalhador da Construção Civil no Estado de Pernambuco e Projeto 6 - Treinamento do Trabalhador em Práticas de Prevenção de Acidentes na Construção Civil.

"A coordenação da Campanha é abrigada na sede do Sinduscon-PE, de onde os estagiários e técnicos de segurança saem diariamente para visitar os canteiros de obras agendados, sem qualquer custo para o construtor", explica a diretora de Saúde e Segurança do Sinduscon-PE, Dolores Luna. De acordo com ela, em 2017, além de obras da Região Metropolitana do Recife, as equipes de segurança da Campanha também cumpriram agenda em Caruaru, passando uma semana nos canteiros de obras da cidade do Agreste de Pernambuco.

O resultado de tanto trabalho foram 265 canteiros de obras visitados, beneficiando mais de 10 mil operários com condições de trabalho mais saudáveis e seguras, 114 retornos efetuados para aferir se as recomendações haviam sido atendidas, 562 trabalhadores do setor, entre serventes, profissionais, mestres de obra e engenheiros de obra, entrevistados, 1.989 trabalhadores treinados em Práticas de Prevenção de Acidentes e 1.592 treinados em Saúde.

"O Sinduscon-PE agradece aos Serviço Social da Indústria - SESI-PE e ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae pela inestimável colaboração sem a qual não teria sido possível conduzir a Campanha de Prevenção de Acidentes do Trabalho na Indústria da Construção com a mesma abrangência e eficácia", fala o presidente do Sinduscon-PE, Gustavo de Miranda.

"Agradeço também os empresários da construção que abriram seus canteiros de obras voluntariamente para que as equipes de segurança da campanha procedessem com as visitas necessárias à manutenção de um ambiente de trabalho seguro e saudável, bem como cederam o tempo de seus trabalhadores durante seus expedientes para que recebessem o treinamento em Práticas de Prevenção de Acidentes, Saúde e Higiene", finaliza ele.