página principal

Comunicação

O Construtor

Revista o Construtor | Ed. Nº 04 - 2016

Seis anos à frente do Sinduscon-PE

Neste mês de dezembro chega ao final mais uma gestão de diretoria do Sinduscon-PE. Tal gestão foi fruto da reeleição da diretoria anterior, totalizando seis anos à frente da entidade legalmente responsável por representar a Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco, um segmento econômico dos mais importantes da sociedade, tanto do ponto de vista econômico quanto social.

Um grande e árduo trabalho, iniciado em janeiro de 2011, quando ainda navegávamos em águas mais calmas e promissoras, com a economia em crescimento, assim como os investimentos em habitação e infraestrutura. Em 2011, o Programa de Aceleração do Crescimento - PAC entrou na sua segunda fase, injetando mais recursos e fomentando mais parcerias com estados e municípios, para a execução de obras estruturadoras. O programa habitacional Minha Casa, Minha Vida entrava em seu terceiro ano. O primeiro sob a presidência de Dilma Rousseff.

Com muito trabalho ainda pela frente, a diretoria foi reeleita em 2014, quando o cenário nacional já dava sinais de desgaste. Para completar, diversas regiões do país passavam a conviver com uma grave seca que perdura até os dias de hoje, principalmente o Nordeste e notadamente Pernambuco, retomando as agruras do racionamento de água. Ainda assim, o clima e os investimentos, de olho na Copa do Mundo, sediada pelo Brasil, tendo entre as sub-sedes, o Recife, ainda era de euforia. Até, claro, o fatídico 7 x 1.

Pois bem. Tendo contextualizado alguns fatos do cotidiano durante nosso período no comando do Sinduscon-PE, cabe agora ressaltar algumas das principais conquistas deste sindicato.

Nesses seis anos, o Sinduscon-PE realizou dezenas de palestras e seminários, objetivando a qualificação do empresário da construção, trazendo para o debate engenheiros, arquitetos, meio acadêmico, estudantes e poder público.

A partir de uma visão mais plural, procuramos construir um consenso e estabelecer um norte sobre os mais diversos temas. Destaco aqui as palestras proferidas pelo jurista Joel Niebhur, um mestre na condução dos problemas relacionados às contratações públicas, pelo jornalista Gerson Camarotti, que revelou-se um mago das notícias ao acertar diversos fatos políticos em meio a um panorama nebuloso, e que nos antecipou de forma sutil e elegante muito do que viria a acontecer. Também tivemos a oportunidade de escutar o especialista em Ecopolítica e Meio Ambiente, Sérgio Abranches, e nos divertir com o humor inteligente e autoral de Jessier Quirino.

Tive a honra de presidir três edições da nossa bem sucedida Feira Internacional de Materiais, Equipamentos e Serviços da Construção - Ficons - aproveito para agradecer às parceiras Mônica e Gisela Latache - e plantar a semente da Sustencons, hoje com duas edições e uma importante parceria com a Greenbuilding Brasil Council em seu histórico, cabendo um novo agradecimento ao Felipe Faria, diretor da GBC Brasil.

E por falar em histórico, tivemos a oportunidade de relatar o desenvolvimento da Indústria da Construção Civil em nosso estado, no livro comemorativo dos 70 anos do Sinduscon-PE, que contou com a redação competente dos jornalistas Fábio Lucas e Júlia Nogueira, aos quais também agradeço. Sem dúvida, um registro de nossa vanguarda e obstinação.

Estreitamos nosso relacionamento com o poder público e conquistamos um pleito antigo, que era a atualização da Tabela de Custos e Emolumentos da EMLURB. Criamos um novo departamento da entidade, com o objetivo de retomar insumos dos mais preciosos em nosso setor: o estudo, o planejamento, e enfim, a engenharia. Insumos recuperados através do trabalho das engenheiras Luciana Andrade e Esther Nascimento, também merecedoras dos meus agradecimentos.

Gostaria de agradecer aos ex-presidentes da Ademi-PE, Alexandre Mirinda, Eduardo Moura e André Callou e ao atual presidente Carlos Tinoco pela relação fraterna estabelecida entre as duas entidades. Tive ainda a satisfação de assinar em conjunto com a Ademi-PE a criação da Redeprocidade. Uma iniciativa que ainda há de delegar ao nosso setor o protagonismo tão necessário à discussão de uma cidade mais humana, igualitária e viável economicamente. Agradeço aos membros das duas diretorias que presidi, ao grupo de assessores, na pessoa de nossa assessora de comunicação Gabriela Vasconcelos, e ao corpo funcional do Sinduscon-PE na pessoa da nossa funcionária Ana Maria de Barros pela inestimável dedicação à esta entidade. Um agradecimento especial também para a superintendente Cristiana Matos.

À lamentar desses seis últimos anos, somente a inversão de termos sido um país que olhava para um futuro promissor, e termos nos tornado uma país que não vislumbra futuro algum.

O nosso presidente Michel Temer parece não ter enxergado que a ex-presidente Dilma Rousseff foi apeada do poder muito mais pela perda do prestígio político e de uma série de escândalos do que por qualquer outra coisa, e insiste em repetir o filme escolhendo para o seu ministério algumas pessoas que não deveriam estar mais nem na vida pública.

Por fim, desejo votos de muito sucesso e prosperidade à nova diretoria, através do novo presidente José Antônio de Lucas Simón e do vice-presidente Érico Furtado, pois tenho a certeza de que o Sinduscon-PE será comandado por pessoas absolutamente sérias e comprometidas com o setor.

Gustavo de Miranda - Presidente