Notícias

Espaço Aulas de Energia ganha certificado de excelência pela segunda vez

06/06/2019 -Fonte: Procel Info

Por dois anos consecutivos, o Espaço Aulas de Energia de Fernando de Noronha, projeto do Programa de Eficiência Energética do Grupo Neoenergia em parceria com o WWF-Brasil, ganha certificado de excelência. Quem atesta é o site Trip Advisor, reconhecido na disseminação de locais e pontos turísticos em todo mundo. O Espaço ganhou esse título por “sempre receber ótimas avaliações”, segundo comunicado da plataforma.

O Espaço recebe por volta de 200 visitantes por mês e é atualmente a única atração interativa da ilha, onde o público experimenta algo totalmente diferente dos programas turísticos tradicionais. O lugar se tornou uma espécie de pausa nos momentos de muito calor e uma ótima opção para tardes chuvosas.

Ao visitar o Espaço Aulas de Energia, que fica na sede na Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), distribuidora do Grupo Neoenergia, turistas e moradores entendem como é gerada a energia nessa ilha oceânica, que já conta com duas usinas solares em operação.

“A maioria dos passantes que chegam lá não tem ideia das dificuldades para proporcionar uma infraestrutura razoável nesse lugar isolado, como a grande quantidade de energia elétrica usada somente para a dessalinização da água ou o alto custo ambiental e econômico para transportar praticamente todos os resíduos produzidos para o continente”, avalia Alessandra Mathyas, analista de conservação do WWF-Brasil.

Por meio de um simulador, o público consegue dimensionar quantas residências as usinas fotovoltaicas alimentam na ilha em diversos horários do dia. Há também óculos de realidade virtual que proporcionam uma viagem por dentro da usina solar Noronha II e, assim, o público acessa cada parte da sua estrutura e como ocorre a conversão de energia solar em elétrica.

Além do mais, muitas perguntas e ideias surgem sobre microgeração de energia. “Os visitantes saem estimulados a instalar módulos fotovoltaicos em suas casas, pois percebem a boa relação custo-benefício na conta de luz e na conservação do meio ambiente”, conclui.


Veja Mais