Clipping

Estado Fora dos Trilhos - Sinduscon PE

Estado Fora dos Trilhos

22/07/2021 -Fonte: Jornal do Commercio - Economia

Pernambuco não terá mais um ramal da ferrovia Transnordestina. Foi o que informou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, em live realizada pelo jornal Valor Econômico. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, no entanto, diz que o governador Paulo Câmara (PSB) irá debater a ferrovia com o governo federal em agosto.

Segundo o ministro, não há viabilidade para fazer a conexão da ferrovia até o Porto de Suape, por isso o governo deverá optar por construir, por enquanto, somente o trecho da Transnordestina até o Porto de Pecém, no Ceará.

"Foi um imbróglio que foi herdado, mais um problema de modelagem. Entendo que as duas 'pernas' não coexistem. Estou deixando claro para todo mundo que não tem demanda para o ramal de Pernambuco e para o ramal do Ceará", afirmou o ministro.

De acordo com Tarcísio, o projeto precisa ser refeito. "É um contrato que, em função de ter uma quantidade grande de obra enterrada, precisa ser redesenhado. O que dedicamos a fazer, até agora, foi esse redesenho, apertar a tecla 'reset'", afirmou.

O vice-presidente da Federação Nacional dos Operadores Portuários - Fenop e diretor da Agemar Transportes e Empreendimentos, Manoel Ferreira, discordou do ministro com relação a afirmação de que não há demanda de cargas para os dois trechos da ferrovia.

"Suape movimenta atualmente 25 milhões de toneladas anuais e tem potencial para atrair pelo menos mais 20 milhões", ressalta. Segundo ele, se o governo federal não quiser tocar o projeto, Pernambuco deverá ir atrás de outras alternativas. "Com o fim dessa expectativa sem fim, o Estado estará livre para ir em busca de novos 'players' interessados em aproveitar o potencial do porto pernambucano", destacou.

A secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco diz, por sua vez, que não recebeu nenhuma sinalização federal. "O trecho que falta até o Porto de Suape é menor e mais barato em relação ao outro trecho. Mas essas situações ainda devem ser discutidas pelo governador Paulo Câmara com o próprio ministro, em reunião que já estava marcada para o próximo dia 16 de agosto, em Brasília".

A Transnordestina começou a ser construída em 2006, com prazo para estar concluída em 2014 e, depois, em 2016. Em 2017, o TCU suspendeu os repasses públicos em razão das incertezas quanto à conclusão do projeto, já a um custo de R$ 6 bilhões em investimentos e demanda de mais R$ 5 bilhões.

Freitas também disse que a concessionária Transnordestina Logística, da CSN, investiu R$ 300 milhões ano passado.



Veja Mais

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site.
Ao utilizar nosso site e suas ferramentas, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Sinduscon-PE - Política de Privacidade

Esta política estabelece como ocorre o tratamento dos dados pessoais dos visitantes dos sites dos projetos gerenciados pela Sinduscon-PE.

As informações coletadas de usuários ao preencher formulários inclusos neste site serão utilizadas apenas para fins de comunicação de nossas ações.

O presente site utiliza a tecnologia de cookies, através dos quais não é possível identificar diretamente o usuário. Entretanto, a partir deles é possível saber informações mais generalizadas, como geolocalização, navegador utilizado e se o acesso é por desktop ou mobile, além de identificar outras informações sobre hábitos de navegação.

O usuário tem direito a obter, em relação aos dados tratados pelo nosso site, a qualquer momento, a confirmação do armazenamento desses dados.

O consentimento do usuário titular dos dados será fornecido através do próprio site e seus formulários preenchidos.

De acordo com os termos estabelecidos nesta política, a Sinduscon-PE não divulgará dados pessoais.

Com o objetivo de garantir maior proteção das informações pessoais que estão no banco de dados, a Sinduscon-PE implementa medidas contra ameaças físicas e técnicas, a fim de proteger todas as informações pessoais para evitar uso e divulgação não autorizados.

fechar