página principal

Comunicação

Clipping

Diário de Pernambuco - Lugar Certo | 26 de outubro de 2017

Oportunidade para quem quer comprar um imóvel

Semana Imobiliária de Pernambuco oferece condições de pagamento mais flexíveis

Até o próximo domingo acontece no Shopping Rio Mar a Semana Imobiliária de Pernambuco. O evento, promovido pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco (Ademi-PE), reúne 21 construtoras com uma oferta de mais de três mil imóveis e preços a partir de R$ 140 mil. Entre as construtoras presentes, a Moura Dubeux, Gabriel Bacelar, Queiroz Galvão, Norcon Rossi, GV Engenharia e Rio Ave. Algumas dessas empresas oferecem apartamentos já mobiliados graças a uma parceria com fabricantes de móveis. Os visitantes podem contar ainda com preços especiais, promoções relâmpagos e condições de pagamentos mais flexíveis.
“Essa é a época perfeita para as pessoas que guardaram um ‘dinheirinho’ nos visitarem. Tem imóveis para todos os gostos e bolsos”, afirma o coordenador da Semana Imobiliária e vice-presidente da Ademi-PE, Gildo Vilaça. O setor comemora um aumento de 12% nas vendas líquidas de imóveis no país no último ano, de acordo com a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc). São cinco meses de alta nos financiamentos imobiliários no Brasil e um aumento de 67% no total de famílias elegíveis ao crédito bancário, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Credito Imobiliário e Poupança (Abecip). Os números indicam uma recuperação, muito influenciada pela queda dos juros imobiliários de 12% para 8% e pelas opções de crédito mais baratas. Com esses indicadores, mais famílias conseguirão financiamento, possibilitando um aumento expressivo da demanda.
De acordo com o vice-presidente da Ademi-PE, após dois anos de represamento de vendas, a procura por imóveis voltou a crescer. “A situação vem melhorando com a queda dos juros e das taxas de financiamento dos bancos, além da baixa da inflação. As pessoas perceberam que essa é a melhor hora de comprar o imóvel desejado”, explica.
Com esse cenário de retomada do setor, Vilaça orienta os consumidores a aproveitarem as oportunidades existentes antes dos reajustes dos preços. “Assim que o mercado reaquecer, os preços vão voltar ao patamar que estavam antes, no caso, um pouco mais altos do que hoje”, avalia.
Para ajudar no fechamento de negócios, a Caixa Econômica, o Banco do Brasil e o Bradesco estarão de plantão para tirar dúvidas sobre a avaliação de credito. Também estará presente o Tabelionato Figueiredo, que agilizará toda a papelada necessária para os interessados em adquirir um imóvel.