página principal

Comunicação

Clipping

Fonte: JC Premium | 16 de março de 2018

Trecho da BR-IOI entregue em abril

O primeiro trecho da obra de requalificação da BR- 101, que começou em outubro, será entregue no dia 2 de abril. A decisão foi anunciada ao secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, durante audiência com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, em Brasília, na quarta-feira. Será o último ato oficial antes de o ministro deixar o cargo, por causa das eleições de outubro.

O trecho compreende 27 quilômetros, entre Abreu e Lima - no Grande Recife — e a Avenida Norte, um dos principais acessos à capital. A obra deveria ter saído do papel em 2015, mas entraves nas licitações e a falência da primeira empresa vencedora do certame — a Mendes Júnior, em 2016 — atrasaram a requalificação da rodovia. "Comemoramos a entrega de um terço da obra, que irá acabar com o congestionamento naquela região. O ganho é para o cidadão, para as empresas de logística, para todos que terão mais agilidade nas viagens e mais segurança, com a fluidez do trânsito", declarou o secretário de Transportes, Sebastião Oliveira.

Para o motorista de ônibus, Antônio Lourenço, 54 anos, as melhorias já começaram. "Há mais de cinco anos trafego por esse trecho. A faixa para quem acessa a via local era muito congestionada. Apesar de a obra ainda não estar pronta, já reduziu o tempo da viagem", relatou.

Já o morador Oséas Lino da Silva, 52, do Córrego do Jenipapo — às margens da BR — disse que alguns trechos não tiveram as placas de concreto substituídas. "Passaram só o asfalto por cima e ainda tem coisa faltando na obra. Mas quem vive aqui acredita que vai melhorar", contou.

Outro trecho da BR-IOI vem tirando o sono dos motoristas, o que segue do bairro de Dois Irmãos até a Cidade Universitária. O secretário de Transportes adianta que esse será o próximo a ser entregue. "Existem duas frentes de trabalho, uma nesse trecho, até o Hospital das Clínicas, e outra da Guabiraba até o Ibura", informou. A previsão de entrega é de dois meses, a partir de abril. A obra completa tem 90 quilômetros e deve ser finalizada até dezembro. O investimento é de R$ 192 milhões.